São Paulo x Corinthians - Ou ganha, ou dá adeus ao título!


O clássico Majestoso volta a ser atração na cidade de São Paulo neste final de semana. Com expectativa de um Morumbi lotado, o São Paulo joga todas as suas cartas contra o Corinthians, às 16 horas. Uma vitória tricolor pode embalá-lo na disputa pelo troféu do Campeonato Brasileiro, enquanto uma derrota pode apagar de vez as chances do inédito tetracampeonato.

Após empatar por 1 a 1 com o Santo André, na rodada passada, o São Paulo entra em campo para se aproximar do líder Palmeiras, que novamente abriu três pontos. Agora, o Verdão tem 47, enquanto o Sampa fica na vice-liderança, com 44. O fato de jogar com o time quase completo também motiva.

Do outro lado, o Corinthians tem uma tremenda tranqüilidade. Sem precisar disputar vaga na Libertadores, o Timão precisa "apenas" dar uma resposta à torcida após a derrota por 4 a 1 para o Goiás, em pleno Pacaembu. Com 37 pontos, o alvinegro está em nono lugar e tenta não pensar nos desfalques que terá em campo.

Tabu!

Como de costume, o Majestoso traz um interessante tabu. O Corinthians ostenta uma invencibilidade de mais de dois anos sem perder para o rival, desde março de 2007, quando perdeu por 3 a 1, no Morumbi.

Desde então, o Timão enfrentou o Tricolor sete vezes, conquistando quatro vitórias e três empates. Além disso, a temporada de 2009 foi favorável aos corintianos, que venceram três dos quatro clássicos disputados.

Revanche?

No Morumbi, o São Paulo quer tirar o Corinthians da garganta. Os jogadores ainda não esqueceram a eliminação na semifinal do Campeonato Paulista, com derrotas por 2 a 1, no Pacaembu, e 2 a 0, no Morumbi.

"Se está engasgado? Sem dúvida, é um dos maiores clássicos do Brasil e quando não vencemos fica um gosto amargo. Por isso que precisamos vencer. Também não ganhamos do Santo André esse ano, não é só o Corinthians. Mas temos uma chance domingo de mudar essa história, temos que entrar pensando na vitória e não deixar o Palmeiras, que pode ganhar sábado, se distanciar", relatou o volante Hernanes, confirmado no jogo.

Liderança em jogo!

Além de vencer um de seus maiores rivais, o São Paulo tem como objetivo não se distanciar do Palmeiras. Para isso, a vitória no domingo será fundamental, até porque o Verdão enfrenta o Atlético-PR, em casa, um dia antes.


Um clássico com gosto de decisão pois vale até um suposto título.

"É o momento. Tem muita gente na disputa e quanto mais tirarmos times da briga, a pressão diminui um pouco, pois são menos equipes com chances. Se não fizermos isso logo, damos confiança ao adversário, que vai se empolgar. Temos que matar no ninho", disse Hernanes, que considera o Corinthians um rival direto pelo título.

Em relação ao time, Ricardo Gomes não faz mistério. O treinador já confirmou a escalação do lateral-esquerdo Júnior César e também as voltas do zagueiro Renato Silva e do volante Hernanes. A única dúvida é o volante Richarlyson, com dores na coxa e perna esquerdas.

"Estou contente com a volta do Hernanes, mas tenho dúvidas sobre o aproveitamento do Richarlyson. É uma pena, pois se tivesse os dois teria mais entrosamento em campo", lamentou o comandante, que deve promover a entrada de Zé Luís, caso Richarlyson não jogue. Outra alternativa é Arouca.

Sem essa de freguês!
Tendo vencido quatro dos últimos sete encontros contra o São Paulo, o Corinthians não acredita que o rival seja freguês. "Cada jogo tem uma história diferente. Não vamos botar fogo. Temos de respeitar, porque eles estão na nossa frente. E também não tem essa de freguês. O São Paulo não é freguês", disse o atacante Dentinho.

O lateral-direito Alessandro pediu menos empolgação na partida e lembrou que os duelos deste ano foram equilibrados. "A gente respeita da mesma forma. Foi bom vencer, mas é sempre duro. No primeiro jogo da semifinal, por exemplo, vencemos com um gol no último minuto. São partidas sempre equilibradas", afirmou.

Enquanto isso, o técnico Mano Menezes tenta quebrar a cabeça para decidir quem jogará. A boa notícia é a liberação do argentino Defederico, que estreará entre os titulares. Outras novidades são as voltas do zagueiro William e do atacante Jorge Henrique. Enquanto isso, o volante Elias é desfalque, pelo terceiro cartão amarelo.

O esquema, porém, ainda não está definido. Mano testou uma formação com dois zagueiros, em que Chicão ficaria fora. Assim, Jorge Henrique seria o terceiro atacante. No entanto, com a entrada de Chicão, o ex-botafoguense deixaria o atacante e viraria uma espécie de ala pela esquerda.

Ficha Técnica

São Paulo x Corinthians

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo-SP
Data: 27/09/2009
Horário: 16h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro-MG

São Paulo
Rogério Ceni; Renato Silva, André Dias e Miranda; Jean, Zé Luís, Hernanes, Jorge Wagner e Júnior César; Dagoberto e Borges.
Técnico: Ricardo Gomes.

Corinthians
Felipe; Chicão, Paulo André e William; Alessandro, Marcelo Mattos, Jucilei, Defederico e Jorge Henrique; Dentinho e Ronaldo.
Técnico: Mano Menezes.

Fonte: Futebol Interior

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas