Pular para o conteúdo principal

Palmeiras volta a decepcionar em casa, perde da Ponte e vê boa fase ruir

Desta vez a torcida fez sua parte e encheu o Palestra Itália. Mas o Palmeiras não correspondeu e frustrou a festa dos 17 mil fãs alviverdes com mais uma atuação pouco inspirada em casa. Neste sábado, o time do técnico Antônio Carlos foi derrotado pela Ponte Preta por 2 a 0 e interrompeu a arrancada depois de conquistar três vitórias consecutivas longe de seus domínios.

“Assim fica difícil. A gente pede para a torcida vir e nos ajudar. Eles fizeram isso, mas não adiantou nada”, lamentou o goleiro Marcos, único atleta exaltado pelos aficionados depois de defender um pênalti nos acréscimos.

O resultado impediu o Palmeiras de terminar a 15ª rodada do Campeonato Paulista colado no G-4. O clube vai dormir na oitava posição, com os mesmos 22 pontos, a quatro da zona de classificação para as semifinais.

Não só isso, como o Palmeiras perdeu a chance de recuperar o prestígio dentro de casa. Com a igualdade deste sábado, a equipe manteve a sequência irregular no Palestra Itália, com apenas 38% de aproveitamento dos pontos disputados no estádio.

A Ponte Preta, por sua vez, manteve vivo o sonho de se classificar para a próxima fase. O triunfo em São Paulo fez a equipe campineira chegar aos 24 pontos, na sétima colocação do Estadual.

“Resultado muito importante. Temos mais quatro jogos e vamos em busca da classificação. Temos que comemorar muito, pois esse resultado nos deixa na briga ainda”, celebrou o atacante Finazzi, autor do segundo gol da Ponte Preta.

O técnico Antônio Carlos havia cogitado a possibilidade de poupar alguns jogadores, mas acabou escalando o que tinha de melhor neste sábado. Havia a expectativa que Lincoln fosse mantido entre os titulares, mas o meia virou desfalque de última hora por ter sentido dores musculares antes do jogo.

Quando a partida começou, o Palmeiras esbarrou na boa marcação da Ponte Preta e teve problemas para avançar além do meio-campo. Tanto, que o primeiro chute alviverde saiu apenas aos 10min, com Diego Souza de fora da área. Mas logo em seguida o time da casa deu sinais que iria engrenar.

Com avanços pelas laterais, o Palmeiras criou boas oportunidades em jogadas aéreas. O problema é que a equipe não conseguiu superar o goleiro Eduardo Martini, em tarde inspirada. Melhor para a Ponte Preta, que segurou o resultado até o intervalo, mesmo com a pressão alviverde.

“Não podemos nos precipitar e cair nos mesmos erros que já tivemos em casa. Tem que ter paciência para conseguir o resultado no segundo tempo, senão vamos levar os contra-ataques”, opinou Marcos a caminho do vestiário. “Nosso esquema funcionou no primeiro tempo. Agora, precisamos de mais ação”, salientou o técnico rival Sérgio Guedes.

Na etapa final, o Palmeiras voltou a se lançar para o ataque. Contudo, também sofreu com os avanços do meio-campista Tinga, deslocado para avançar pelas costas de Armero. Mesmo com domínio da posse de bola, os anfitriões tiveram problemas para se aproximar da área rival.

Enquanto isso, a Ponte Preta fez o que havia prometido. Se arriscou apenas nos contra-ataques e nos lances de bola parada. A tática deu certo, e o time mostrou grande oportunismo no ataque para marcar aos 32min e aos 38min com Diego e Finazzi. Nos acréscimos, os visitantes ainda tiveram tempo de ampliar, mas Marcos defendeu pênalti do camisa 18.

As duas equipes retornam a campo já nesta quarta-feira para a disputa da 16ª rodada do Campeonato Paulista. O Palmeiras vai até Araraquara para enfrentar o Rio Branco, enquanto a Ponte Preta volta a atuar no Moisés Lucarelli diante do Rio Claro.

PALMEIRAS 0 X 2 PONTE PRETA


PALMEIRAS
Marcos; Márcio Araújo, Gualberto, Danilo e Pablo Armero; Pierre (Ivo), Edinho (Lenny), Cleiton Xavier e Diego Souza; Éwerthon e Robert
Técnico: Antônio Carlos Zago

PONTE PRETA
Eduardo Martini; Marcos Rocha, Diego, Léo Oliveira e Vicente; Deda, Danilo Portugal (Galiardo), Tinga (Manteiga) e Fabiano Gadelha (Finazzi); Otacílio Neto e Pirão
Técnico: Sérgio Guedes

Data: 20/03/2010 (sábado)
Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima
Auxiliares: Reinaldo Rodrigues dos Santos e Fabio Aparecido Gomes Ribeiro
Público: 17.255 torcedores
Renda: R$ 480.060,00
Cartões amarelos: Diego Souza, Pierre, Márcio Araújo (PAL); Danilo Portugal, Otacílio Neto, Marcos Rocha (PON)
Gol: Diego, aos 32min, Finazzi, aos 38min do segundo tempo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

O que são adivinhas, advinhações, o que é o que é, folclore, humor, cultura popular
Adivinhas: humor e desafioO que sãoAs adivinhas, também conhecidadas como advinhações ou "o que é, o que é" são perguntas em formato de charadas desafiadoras que fazem as pessoas pensar e se divertir. São criadas pelas pessoas e fazem parte da cultura popular e do folclore brasileiro. São muito comuns entre as crianças, mas também fazem sucesso entre os adultos.Alguns exemplos de adivinhas:- O que é que é surdo e mudo, mas conta tudo?
Resposta: o livro- O que é o que é que sempre se quebra quando se fala?
Resposta: o segredo- Ele é magro pra chuchu, tem entes mas nunca come e mesmo sem ter dinheiro, dá comida a quem tem fome?
Resposta: o garfo

- O que é que passa a vida na janela e mesmo dentro de casa, está fora dela?
Resposta: o botão- O que é o que é feito para andar e não anda?
Resposta: a rua- O que é o que é que dá muitas voltas e não sai do lugar?
Resposta: o relógio- Qual é a piada do fotógr…

Frases de Amor e Frases Românticas

Frases de Amor e Frases Românticas, belas palavras de carinho, frases perfeitas para você se declarar ao seu amor. Agrade quem você ama com essas belas frases de amor, de amizade, de carinho…



“Ainda que nas noites frias e solitárias, sinto o vento me acariciar, mas ao mesmo tempo me lembro de você ao meu lado a me amar…”
Roberto Klaro



“Um dia ousei sonhar um amor, e nos seus braços senti paz, na imensidão do seu prazer me realizei, e então acordei desse sonho fora da lei!”
Adriana Mallet



“A velocidade do amor é proporcional às concentrações de respeito, humildade, alegria, amizade, sinceridade e compromisso presente na vida de cada um de nós, multiplicada por uma constante essencial em nossos corações: a capacidade de amar.”
Edilene Gadelha



“Ao tocar seu coração pude sentir algo diferente acontecer,forte como um vendaval e lindo como um amanhecer.”
Alan Capato



“Se tudo o que existe no mundo possuísse uma fonte de energia, com certeza a minha seria você.”
Willians Levi

“O verdadeiro amor não traz…

Cronologia (1960 – 2008)

---------------------------------------------------------------------

1960

---------------------------------------------------------------------







13.fev.1960 - A França explode sua primeira bomba atômica.

14.fev.1960 – Um grupo de sobralenses funda o Rotary Clube de Sobral. Sua primeira diretoria estava assim constituída – Presidente: José Silvestre Saboia de Albuquerque (Zeca); Vice-presidente: José Mendes Mont’Alverne (Dr. Zé Alverne); Secretário: Armando Homem de Siqueira; Tesoureiro: Raul Vieira Lima; Diretor de Protocolo: Antonio Albuquerque Lopes; Diretores sem pasta: Edmundo Monte Coelho e José Walmir Frota.

05.mar.1960 - Após dois anos servindo o Exército, Elvis Presley retorna à vida civil.

02.abr.1960 - Em acordo assinado com a França, a ilha de Madagascar torna-se um Estado independente dentro da comunidade francesa.

03.abr.1960 - Uma coligação entre radicais e conservadores ganha as eleições gerais no Chile.

04.abr.1960 - É realizada a entrega do Oscar nos EUA. Foram agraciados …