sábado, 20 de março de 2010

Medellín e Racing não saem do zero e beneficiam Corinthians

Pelo grupo do Corinthians na Copa Libertadores da América, o Independiente Medellín, da Colômbia, e o Racing, do Uruguai, ficaram no empate por 0 a 0 em jogo realizado no Estádio Palogrande, em Manizales. O resultado beneficiou o Timão, que se isolou ainda mais na liderança da chave 1, com sete pontos. Na segunda colocação, os uruguaios marcam quatro tentos, enquanto os colombianos têm três. O lanterna é o Cerro Porteño, com um.

Desde o início, a partida mostrou-se muito dinâmica. Quando detinham a posse de bola, ambas as equipes visavam ao ataque. Assim como quando venceu o Cerro Porteño por 2 a 1 em sua casa, o Racing se valia da agilidade de seus meias e dos potentes chutes de Mirabaje de fora da área. Além disso, centrava as jogadas ofensivas mais trabalhadas no artilheiro Martín Cauteruccio, que balançou as redes nas primeiras duas partidas dos uruguaios.

Os donos da casa falhavam nas finalizações. Quando chegava com mais perigo, em jogadas bem arquitetadas por Calle e Barahona, o Independiente parava na boa atuação do goleiro Jorge Contreras. Para a etapa complementar, o técnico do Racing, Juan Verzeri, trocou Cazulo por Barrientos, tornando sua equipe ainda mais efetiva pelo lado esquerdo do campo.

A equipe colombiana articulava boas jogadas e detinha maior posse de bola. Entretanto, os atacantes recebiam assistências pouco precisas, dificultando que o "Poderoso da Montanha" abrisse o placar. Teoricamente, a situação ficaria ainda pior aos 21 minutos, quando Valoyes recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso pelo árbitro venezuelano Juan Soto.

Porém, o Independiente manteve a pressão. Adiantando sua marcação para conter os contra-ataques adversários, o time da casa demonstrou que não se abalou com o fato de contar com um jogador a menos em campo. Apesar das várias tentativas em cruzamentos feitos pelas alas, o placar não saiu do zero.

Fonte: GE

Nenhum comentário: