segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Declarações após derrota para Timão podem dar suspensão a Zezé Perrella

O procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmitt, vai assistir às imagens do jogo entre Corinthians e Cruzeiro para analisar a entrevista dada pelo presidente Zezé Perrella após a derrota do time mineiro por 1 a 0. O dirigente poderá pegar uma severa suspensão por conta das fortes declarações após a partida.

Na ocasião, Perrella proferiu palavras de baixo calão ao árbitro Sandro Meia Ricci, além de acusar que pessoas ligadas ao clube paulista teriam ‘comprado’ a arbitragem. Tudo por causa de alguns impedimentos mal marcados contra o Cruzeiro e, principalmente, pelo pênalti assinalado em cima de Ronaldo em lance duvidoso com Gil. O próprio Fenômeno cobrou e selou a vitória corintiana.

- Eu tenho certeza de que o Andrés Sanchez não comprou o árbitro, mas alguém comprou por ele. O Corinthians não precisa ganhar na mão grande. O título foi tirado da nossa equipe – declarou Perrella, ainda nos vestiários.

De acordo com Paulo Schmitt, a Procuradoria do STJD pretende denunciar o dirigente, caso seja provada que houve uma infração.

- Já requisitamos as imagens da entrevista do presidente. Vamos analisar e ele terá que provar tudo o que disse para não ser denunciado.

Fonte: GE

Nenhum comentário: