terça-feira, 1 de setembro de 2009

Itabira

Cada um de nós tem seu pedaço no pico do Cauê
Na cidade toda de ferro
as ferraduras batem como sinos.
Os meninos seguem para a escola.
Os homens olham para o chão.
Os ingleses compram a mina.


Só, na porta da venda, Tutu caramujo cisma na
derrota incomparável.

Carlos Drummond de Andrade

Nenhum comentário: