Schumacher diz que F1 precisa dos fabricantes

O alemão Michael Schumacher deu sua opinião a respeito da disputa política que está fervilhando nos bastidores da Fórmula 1 entre FIA e FOTA, em relação ao teto orçamentário que foi imposto pela entidade que controla a parte esportiva da competição. Segundo o piloto, sete vezes campeão do mundo, a categoria não tem como prescindir das equipes oficiais de fábrica, como sugeriu recentemente o presidente da FIA, Max Mosley.

"A situação que estamos vivendo não é nem um pouco agradável. Este é o esporte em que eu corri a maior parte da minha vida e que eu realmente amo", disse o ex-piloto. "Você não tem como ver a Fórmula 1 sem a ferrari ou as outras equipes oficiais de fábrica que estão há tanto tempo na categoria. Eu realmente acredito que, de alguma forma, uma solução será encontrada."

Segundo Schumacher, não é possível impor mudanças no regulamento tão radicais como as que foram publicadas para a temporada 2010. "Você não pode esperar que alterações tão profundas sejam bem aceitas pelas fabricantes", disse. "É claro que é preciso reduzir os custos da categoria, mas isso deve ser feito com vários passos em direção a um objetivo comum."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas