segunda-feira, 8 de junho de 2009

Pato marca em coletivo e sai na frente por uma das vagas no ataque da seleção

Durante treinamento dos reservas, atacante do Milan trabalha com desenvoltura e ainda carimba a trave do goleiro Victor.


Nilmar e Pato formaram o ataque da seleção

Dunga manteve o mistério sobre o substituto de Luís Fabiano, expulso na vitória por 4 a 0 sobre o Uruguai, no último sábado, no ataque da seleção. Nesta segunda-feira, apenas os reservas entraram em campo para um trabalho com bola contra o time juvenil do Santa Cruz, no estádio Arruda, no Recife. Entre eles, Alexandre Pato e Nilmar, que brigam pela vaga para a partida contra o Paraguai, pela 14ª rodada das eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

Alexandre Pato esteve melhor em campo e mostrou estar na frente na disputa. Ele marcou um dos gols da vitória por 4 a 0 da seleção. Os outros gols foram feitos por Kléberson, Júlio Baptista e Alisson (contra). O goleiro Victor, que treinou no gol do Santa Cruz, teve muito trabalho. A seleção ainda colocou três bolas na trave nos 45 minutos de movimentação. Os chutes de Pato, Júlio Baptista e Miranda quase entraram.

Kléberson marcou o primeiro, depois de uma jogada pela esquerda. Em seguida, Pato aproveitou sobra na área e fez o segundo. O terceiro veio após uma boa defesa do goleiro Victor, a bola bateu em Alisson, do Santa Cruz, e entrou. Júlio Baptista fechou o placar.

Maicon, recuperado da lesão, treinou com desenvoltura, mas Daniel Alves, que se destacou na goleada sobre o Uruguai, deverá começar a partida contra os paraguaios. A equipe treinou com o goleiro Gomes; Maicon, Miranda, Luisão e André Santos; Josué, Kléberson, Ramires e Júlio Baptista; Alexandre Pato e Nilmar.

Os titulares fizeram um trabalho físico em uma academia e depois correram ao redor do gramado do Arruda por cerca de 10 minutos.

Nenhum comentário: