quarta-feira, 8 de abril de 2009

O AMOR QUÍMICO

Meu pensamento é um radical
monovalente quando pensa em você
e que, catalisado pelo teu amor,
sofre uma reação interior.

E se liga, não se desliga,
numa combinação duradoura,
pura em sua substância,
sólida em sua base.

É assim o meu amor,
um amor "que me comove",
pois o amor "químico move"
uma explosão de sentimentos
onde muito se cria e nada se perde.

Carlos Roberto N. Morais

Nenhum comentário: