Viana diz que não questionará reeleição de Garibaldi

O senador Tião Viana (PT-AC), candidato à presidência do Senado, disse que não vai questionar a candidatura de Garbaldi Alves (PMDB-RN) na Justiça, caso o peemedebista seja reeleito. "Já expressei meu respeito pela candidatura de Garibaldi. (...) Não estou interessado em questionamentos e sim em votos", afirmou.

Quando Garibaldi lançou sua candidatura, lideranças do PT afirmaram que poderiam questionar sua reeleição na Justiça, já que a Constituição não permite dois mandatos consecutivos na presidência da Câmara ou do Senado. O peemedebista, no entanto, afirma que assumiu o mandato depois da renúncia de Renan Calheiros e, por isso, teria respaldo jurídico.

Tião Viana afirmou ter o apoio "irreversível" do PT e, ao ser questionado sobre uma possível determinação do presidente Lula para desistir em favor de Sarney, o senador sinalizou que nem um pedido do Palácio o faria voltar atrás. "A minha candidatura é definitiva até o dia 2 de fevereiro", disse o senador, citando a data da eleição. Viana negou ainda a possibilidade de desistir da candidatura em troca de algum ministério.

"Já disse que tenho mandato de senador até 2015, sou médico concursado, não estou a procura de emprego. Estou aqui defendendo minha candidatura em nome da defesa da instituição, do poder Legislativo, que merece ser tratado no Brasil como poder de Estado", disse.

Garibaldi Alves deixou claro que a única possibilidade de uma desistência de sua parte se daria se o PMDB não quisesse sua candidatura. "Não serei eu que vou desistir, será o partido que me lançou que irá desistir, não eu", garantiu.

Fonte: Terra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas