Toque de bola, a grande mudança do Timão em 2009!!!

A Fiel torcida ficou empolgada com o começo de temporada do Corinthians. Afinal, do ano passado para o atual o que mudou? Simples: o toque de bola. Na Série B, Timão demorava para sair da defesa para o ataque. Agora, não. A zaga continua firme. O meio-campo ganhou mais qualidade com a chegada de Túlio. Ofensivamente, houve evolução também. Jorge Henrique e Souza são "matadores", não perdem tantos gols como Herrera e Dentinho.

Mas a diferença entre 2008 e 2009, ao que tudo indica, será mesmo o toque rápido. Timão errou pouquíssimos passes diante do Estudiantes, da Argentina. Douglas, por exemplo, cresceu de produção. Para quem duvidava dele na Primeirona, quebrou a cara. Até Ronaldo, comentando na Globo, ressaltou a tremenda técnica do camisa 10, em quem deposita muita esperança quando entrar na equipe.

Na alterações do técnico Mano Menezes, outro ponto forte: o banco de reservas. Saiu Túlio e entrou Fabinho; veio Wellington Saci e saiu André Santos; Jorge Henrique foi substituído por Octacílio Neto; William por Jean; Douglas por Eduardo Ramos; e Elias por Diogo. Nem por isso o ritmo diminuiu. O padrão de jogo foi mantido e saiu o quinto gol, em passe de Eduardo Ramos para Octacílio Neto.

Por último, chamou atenção o condicionamento físico. Jogadores correram o campo todo. Cansaram o mínimo possível. Os hermanos foram o "espelho invertido" do Alvinegro Paulista e pregaram na etapa final, transformando-se em uma presa fácil. Difícil não lembrar, vendo esse Timão de agora, do da época de Carlos Alberto Parreira, em 2002, campeão do Rio-São Paulo e da Copa do Brasil.

E tenho dito!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas