terça-feira, 13 de janeiro de 2009

PF deve apontar Protógenes como responsável por vazamento

O inquérito da Polícia Federal (PF) que apura os vazamentos da Operação Satiagraha deve apontar o delegado Protógenes Queiroz como o responsável por ter repassado informações sigilosas para a imprensa, fazendo com que os presos na operação fossem filmados e fotografados. Em julho do ano passado, a operação comandada por Protógenes prendeu o banqueiro Daniel Dantas, o investidor Naji Nahas e o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta.

Apesar de oficialmente o delegado que apura os vazamentos, Amaro Vieira Ferreira, afirmar que o inquérito só será concluído e relatado em março, a informação, nos bastidores, é de que o relatório final vai apontar Protógenes como o responsável por ter passado informações privilegiadas para a TV Globo, que conseguiu filmar o momento da prisão de Pitta.

O delegado Protógenes foi afastado da linha de frente da Satiagraha sob a alegação de ter cometido "excessos" no decorrer da operação.

Protógenes nega
O delegado negou ter sido o responsável pelo vazamento de informações para a TV Globo. Ele rechaça a possibilidade de uma equipe de TV ter acompanhado a PF e gravado uma cena de suborno na qual uma pessoa supostamente ligada ao banqueiro Daniel Dantas, preso na operação, aparece oferecendo dinheiro a agentes da PF.

"Quem filmou essa cena foi a PF. Se alguma equipe de TV tivesse filmado por que iria segurar o furo de reportagem? Isso é falácia para desviar o foco da investigação", disse o delegado. Protógenes está de férias e espera, em seu retorno, previsto para o próximo dia 19, ser ouvido no inquérito que apura os excessos da Satiagraha.

Fonte: Terra

Nenhum comentário: