domingo, 18 de janeiro de 2009

Israel quer deixar Gaza tão logo seja possível, diz Olmert

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, assegurou neste domingo aos líderes europeus que viajaram ao Oriente Médio que seu país "não têm a intenção" de manter tropas na Faixa de Gaza.

Vários líderes europeus viajaram ao Oriente Médio para impulsionar uma trégua duradoura em Gaza, e Olmert afirmou a eles que as tropas israelenses deixarão totalmente o território palestino o mais rápido possível, assim que for acertada uma "trégua estável".

As forças terrestres israelenses que permaneciam na Cidade de Gaza começaram a recuar hoje, e entre outras posições abandonaram o antigo assentamento judaico de Nitzarim, no sul da localidade.

Os governantes de Espanha, José Luis Rodriguez Zapatero, França, Nicolas Sarkozy, Reino Unido, Gordon Brown, Alemanha, Angela Merkel, e Itália, Silvio Berlusconi, chegaram hoje a Israel para respaldar o cessar-fogo entre o Estado judeu e o Hamas.

Os cinco governantes europeus também participaram no Egito de uma cúpula sobre a situação no Oriente Médio. O encontro no Egito também contou com a participação do presidente egípcio, Hosni Mubarak, o da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Fonte:

Nenhum comentário: