Herói do empate, Jorge Henrique já encarna sofrimento corintiano

Autor do gol de empate do Corinthians contra o Barueri na estreia do Campeonato Paulista, o atacante Jorge Henrique parece já ter incorporado o espírito do clube.

Mesmo sofrendo com dores na perna esquerda durante mais da metade do segundo tempo e ter, por isso, pedido substituição, o jogador foi convencido pelo técnico Mano Menezes a aguentar até o final e acabou recompensado pelo gol.

"Antes de vir para cá eu sabia que o Corinthians era assim, tudo é mais difícil. Sempre tem que lutar até o final", disse o "Baixola", como é chamado pelos companheiros, exausto, ao final do jogo.

O camisa 23 marcou seu terceiro gol em duas partidas pelo Corinthians. No último sábado, ele deixou sua marca na vitória por 5 a 1 sobre o Estudiantes, da Argentina, em amistoso disputado no Pacaembu.

Apesar da boa média, o próprio Jorge Henrique não alimenta a expectativa de ser artilheiro. "Espero que esse namoro dure por muito tempo, mas já aviso para que não fiquem mal acostumados, porque sou homem de meio-gol. Minha principal característica é deixar o companheiro de ataque em boas condições de marcar", disse, ainda durante a pré-temporada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas