Golpe transforma formatura em pesadelo para estudantes do interior de SP

Mais de cem estudantes de Marília não conseguiram se formar. Formandos encontraram portões da festa de universidade fechados.

O sonho de formatura virou pesadelo para mais de cem estudantes de enfermagem de uma universidade de Marília, a 435 km de São Paulo. A festa, que foi paga durante quatro anos, não aconteceu.

De portões fechados. Foi assim que a formanda Adriana Gigueira encontrou o local onde seria realizado o baile de formatura da turma de enfermagem. "Cheguei com meus tios, com a minha mãe, com o meu namorado. É frustrante. Principalmente para a família que foi quem ajudou a pagar as roupas, a festa", disse.

No lugar de festa e alegria, o que se viu no local foi a indignação de formandos e convidados. "A gente pagou, a gente veio para a festa. A gente é de fora, (veio) com a família toda e não vai ter festa. A gente está aqui sem explicação", protestou Ligiane Aparecida Barbosa, outra formanda.

O estudante Ricardo de Oliveira Soares trouxe toda a família de Barra do Choça, na Bahia. Além das despesas com a formatura e a viagem de 1.650 quilômetros, ele ainda alugou uma chácara para abrigar todos os parentes. "Fica a decepção para todos. Todo mundo tinha um sonho. Os pais, familiares, todos. Principalmente nós formandos que tínhamos um sonho a ser realizado e foi tudo por água abaixo", disse.

Algumas famílias registraram boletim de ocorrência para que seja apurada a responsabilidade sobre o caso. "É crime e quem cometeu esse crime deve ser punido", afirmou o advogado Albanir Fraga Figueiredo. Foi instaurado inquérito para investigar o caso.

Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas