sábado, 10 de janeiro de 2009

Equador contrata advogado dos EUA para dívidas

O Equador contratou um advogado do escritório norte-americano Foley Hoag para assessorar o presidente Rafael Correa sobre os passos que devem ser seguidos quanto à dívida classificada pelo país de ilegal ou contratada de maneira irregular, disse nesta terça-feira um membro do governo.

O Equador estuda as opções legais para repudiar ou anular a dívida externa que mostrou indícios de "ilegalidade" após uma auditoria aplicada por uma comissão do governo, que apresentou seu relatório no mês passado.

O ministro de Política, Ricardo Patiño, afirmou a jornalistas que o governo contratou Paul Reichler e outro escritório de advogados dos Estados Unidos para que prestem assessoria sobre a gestão da dívida "ilegal" que o governo ameaça não pagar.

Patiño garantiu que o país pode ir à Justiça em Nova York, caso a análise assim o determine, mas não quis adiantar se o país suspenderá o pagamento da dívida enquanto correrem os trâmites legais.

Correa disse que iniciará uma "luta nas cortes internacionais" para repudiar a dívida ilegal, que inclui os bônus Global 2012, 2015 e 2030 e parte de créditos multilaterais e bilaterais.

Dentre os débitos questionados está um empréstimo do BNDES (Banco de Desenvolvimento Econômico e Social) para a construção de uma hidrelétrica no país.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário: