terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Cidade mexicana proíbe 'beijos apaixonados' em vias públicas

Prefeito disse que lei pune apenas beijos considerados obscenos. Infratores serão castigados com penas de até 36 dias de prisão.

O prefeito de Guanajuato, Eduardo Romero Hicks, provocou uma grande polêmica no México ao proibir "beijos apaixonados" na cidade, desencadeando a indignação dos moradores.

Segundo a nova legislação, os "beijos olímpicos" em vias públicas passam a ser castigados com penas de até 36 dias de prisão e US$ 107 de multa. Os moradores criticaram a decisão por considerar que ela fere as liberdades individuais.

Após a polêmica provocada, o prefeito Romero Hicks tentou acalmar os ânimos, destacando que as pessoas poderão se beijar livremente nas vias públicas e que só serão punidos os beijos que ele definiu como "agarrões olímpicos".

"[Um agarrão olímpico] é aquele em que se tocam partes íntimas das pessoas", afirmou o prefeito, que beijou sua esposa na frente da imprensa, para mostrar que a lei apenas irá punir os beijos considerados obscenos.

Fonte: G1

Nenhum comentário: