CBF atende Justiça e cancela contrato de David com o Palmeiras

Um recurso obtido pelos advogados de David na Justiça do Trabalho fez com que o contrato assinado pelo jogador com o Palmeiras fosse cancelado na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Assim, o zagueiro está livre para negociar com qualquer equipe, e seu destino pode ser o Panathinaikos, da Grécia.

Entretanto, o departamento jurídico do time alviverde já acionou a Justiça para tentar reverter a situação e fazer valer o documento de trabalho do atleta, que entrou em vigor agora em janeiro.

"Eles conseguiram uma tutela antecipada, não uma liminar, mas já fizemos um pedido de reconsideração na Justiça de Trabalho", informou o advogado palmeirense, Luiz Roberto Castro.

David alega que o documento que assinou não tem validade e acusa o time paulista de lhe cercear o direito de trabalho. "O contrato que foi registrado na CBF agora em janeiro é novo, mudou o número de registro, porém foi assinado com data retroativa, e o atleta nem sabia o que estava assinando na época. É o popular contrato de gaveta, o que não é permito pelas leis trabalhistas", explicou um dos advogados do atleta, Leonardo Laporta Costa.

Já o Palmeiras nega que seja um contrato de gaveta e argumenta que pagou luvas ao zagueiro na época e aumentou o seu salário para ele assinar um novo vínculo.

"Não estamos cerceando nada. Queremos que o David trabalhe para nós. Se ele não quiser, tem que arcar com as consequências e pagar a multa rescisória prevista pelo contrato que ele assinou por livre e espontânea vontade", argumentou Castro.

Fonte: UOL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas