quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Caso Kléber: Corinthians usa tática fenomenal

Assim como fez na contratação de Ronaldo, diretoria solta nota oficial com brecha



A diretoria do Corinthians, por meio de uma nota oficial no site, garantiu que "já encerrou o ciclo de contratações para a disputa dos compromissos do primeiro semestre de 2009" e que "...a única apresentação pendente é a do argentino Sergio Escudero, que será integrado em breve ao elenco alvinegro".

Mas a Fiel ainda pode ter esperança em ver Kléber, do Dinamo Kiev (UCR), com a camisa 30 do Timão. A explicação é simples: na mesma nota oficial, o clube faz a ressalva de que "...o Corinthians não pretende anunciar novas contratações nos próximos dias, exceto por eventuais e futuras oportunidades no mercado do futebol".

Pois bem. Antes da contratação de Ronaldo, o presidente Andrés Sanchez soltou uma nota oficial que garantia: "A vinda dele (Ronaldo) para o Corinthians não é um sonho, é impossível. Não jantei com o Ronaldo e sim com amigos em comum. O motivo para não contratar o atacante é simples: dinheiro. A menos que ele se enquadre à realidade financeira do clube. este caso, as portas do Corinthians estariam abertas para ele".

Alguns, preferiram ler até "...a vinda dele (Ronaldo) para o Corinthians não é um sonho, é impossível". Outros, mais atentos, não esqueceram de ir até o último trecho, que avisava "...a menos que ele se enquadre à realidade financeira do clube. Neste caso, as portas do Corinthians estariam abertas para ele".

Resultado: o Fenômeno vestiu a camisa 9, em uma apresentaçao épica diante de quase oito mil pessoas e, atualmente, treina na cidade de Itu com seus companheiros.

A contratação de Kléber pode ter dificultado, é verdade. Mas, para quem já se encontrou com o empresário do atacante e definiu todos os valores, não é nenhum absurdo pensar que Andrés Sanchez possa encontrar uma "eventual oportunidade no mercado do futebol" ucraniano nos próximos dias e confirmar a contratação do Gladiador.

O sonho virou realidade uma vez, com Fenômeno. Por que não virar de novo?

Impossível, Fiel?

Fonte: Lance

Nenhum comentário: