Bola parada: prioridade de Mano Menezes a partir de 2ª feira

Se o meio-campo e o ataque corintiano encantaram a torcida que compareceu ao Pacaembu no sábado com um desempenho acima da média na goleada por 5 a 1 sobre o Estudiantes, o setor defensivo, sólido em 2008, apresentou falhas preocupantes.

O gol marcado por Carrasco ilustrou bem a situação, pois o argentino conseguiu empurrar a bola às redes deixando a defesa batendo cabeça e o goleiro Felipe, literalmente, sentado e sem ação.

Atento aos detalhes, o técnico Mano Menezes admitiu que a equipe ‘relaxou’ no quesito bola parada durante a preparação da pré-temporada, mas prometeu pegar pesado nos fundamentos defensivos nas atividades que restam ao grupo antes da estréia no Paulistão, quinta-feira, diante do Barueri.

“Não fizemos quase trabalhos com bola parada na definição da equipe e esse é o tipo de atividade que temos que repetir e cobrar bastante', frisou o gaúcho.

'Existe tempo hábil para trabalhar e provavelmente é isso que vamos fazer mais nesses últimos treinamentos. Teremos uma definição por estatura: quem vai fazer o que e quem marcará quem”, avisou.

Ao falar especificamente sobre o jogo contra os argentinos, teceu elogios ao único ponto forte mostrado pelo adversário no sábado. “A bola parada deles é muito boa, tanto que não entraram quase com bola trabalhada na nossa área”, argumentou. ”Nosso erro foi termos feito faltas para eles jogarem a bola na área”, concluiu.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adivinhas

Frases de Amor e Frases Românticas