sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Apreendidos 2 jovens suspeitos de matar por pipa em SP

A Justiça determinou na quinta-feira a apreensão de dois adolescentes de 17 anos acusados de espancar e matar Rafael da Costa Barreto, 16 anos, em uma briga por causa de uma pipa, na periferia de Fernandópolis, interior de São Paulo. Rafael foi internado na noite de segunda-feira com traumatismo craniano e morreu no dia seguinte.

Os jovens teriam participado com um grupo de cinco garotos das agressões que causaram a morte de Rafael. A apreensão foi determinada pelo juiz da Vara da Infância e da Juventude de Fernandópolis, Evandro Pelarin, a pedido da Polícia Civil, que ouviu a dupla na quinta-feira. Ambos teriam confessado as agressões.

Segundo Pelarin, os adolecentes deverão permanecer por até cinco dias na cadeia de Guarani D'Oeste e depois serão transferidos para a unidade da Fundação Casa, onde ficarão internados provisoriamente por 45 dias. Segundo o juiz, se eles forem condenados poderão pegar pena de internação por até três anos. Mas, antes disso, a Justiça deverá ouvir mais testemunhas para que a prova do crime seja configurada, o que não ocorreu até agora.

O Ministério Público ainda não representou contra os dois acusados. O promotor Daniel Calderaro deveria ouvir nesta sexta-feira testemunhas que presenciaram o crime e esperar os resultados do exame necroscópico antes de se decidir sobre a denúncia. Entre as testemunhas, estão outros dois adolescentes que também teriam sido agredidos pelo grupo dos cinco jovens que espancaram Rafael.

Fonte: Terra

Nenhum comentário: